Luiz Fuganti

E-mail Imprimir PDF
 
 Luiz Fuganti é filósofo, arquiteto, professor, escritor. Desde 1986, ministra cursos, palestras e seminários acerca de um tipo de pensamento sem referências, imanente à própria natureza. Não mantém vínculos institucionais. Foi um dos fundadores da ONG Pivot em 2002. Criou um movimento, a Escola Nômade de Filosofia, resultante das práticas de pensamento que vem realizando.
 
Concebeu vários cursos de filosofia, destinados a instigar a produção de uma nova maneira de pensar, como A Formação (DesConstrução) do Pensamento Ocidental; Pensamento Nômade em Spinoza, Nietzsche e Deleuze; Desejo e Singularidade; Fluxos de Desejo e Formação de Subjetividade; Capitalismo e Esquizofrenia, Pressupostos Filosóficos da Esquizoanálise, entre outros.
 
Nas artes, além de ter dado consultoria a diretores teatrais, elabora cursos específicos para atores profissionaise em formação. Criou um curso específico, A Arte e o Problema da Expressão, para o projeto de formação de atores Solos do Brasil. Nesse mesmo sentido, tem levado para outros grupos e escolas teatrais em vários estados brasileiros o pensamento como instrumento de combate às estruturas de representação  que subjugam os afetos criativos do artista. Para isso concebeu também os cursos O Corpo do Artista como Criação de Si e Palco de um Combate e O Pensamento Nômade na Arte. Na área de cinema, elaborou o curso Movimento e Tempo no Cinema.
 
Como pensador da saúde, um dos focos principais de sua atuação é problematizar uma instrumentalização para a prática da esquizoanálise, desconstruindo noções e práticas presentes em um tipo de clínica que enquadra o 'paciente' em formas de assujeitamento. Nessa perspectiva, participou da formação dos agentes de saúde mental que atuaram na primeira intervenção antimanicomial do Brasil, ocorrida na Casa de Saúde Anchieta, na cidade de Santos. Foi a partir dessa experiência que outros processos similares se desencadearam, em todo o Brasil. Atualmente está trabalhando na elaboração de um projeto nacional de formação em rede de agentes de saúde, de um ponto de vista da integralidade corpo-mente-sociedade.

Realizou em Moçambique, nos meses de julho e agosto de 2005 um ciclo de conferências focadas em três temáticas: A Grande Saúde; Ética e Política e Arte e Produção de Si.
 
É autor de vários textos, como Espaço, Poder, Estética e Sentido; Univocidade do Ser em Duns Scot; Diferença e Analogia em Platão; Ética como Potência e Moral como Servidão.

Aulas e palestras transcritas, textos, entrevistas e vídeos com conceito de filosofia, entre outros conteúdos, como os cursos transcritos Formação (e DesConstrução) do Pensamento Ocidental;O Pensamento Nômade em Gilles Deleuze; O Pensamento Nômade em Spinoza; O Pensamento Nômade em Nietzsche; A Arte e o Problema da Expressão; Capitalismo e Esquizofrenia; Os Estóicos e o Pensamento da Natureza, entre outros, estão disponíves neste site e no endereço www.escolanomade.org.
 
Última atualização ( Sex, 01 de Maio de 2009 02:16 )  

Encontros, Palestras e Intervenções

 

 

Atividades Gratuitas


Warning: Parameter 1 to modMainMenuHelper::buildXML() expected to be a reference, value given in /home/zedobelo/luizfuganti.com.br/libraries/joomla/cache/handler/callback.php on line 99

Cursos OnLine

Poder e Potência na Estilização da Existência
O que entendemos por existir? Uma existência ativa e uma existência passiva teriam diferentes destinos? Se sim, poderíamos mudar nosso destino a cada ato do nosso existir? Como o faríamos?...

Mil Platôs e Esquizoanálize: Micropolítica e Uso dos Afetos
Assim como os modos de usar a linguagem podem capturar, assujeitar e controlar o pensamento dos homens ao inseri-los em regimes discursivos e produzir cadeias coletivas de expressão incorporais ou semióticas.

Biopolítica, Governamentalidade e o Cuidado de Si em Foucault
Desconstrução do sujeito e do objeto natural do conhecimento. Traçado de algumas das formações de poder e saber ocidentais cujos sujeitos, objetos e formas de conhecimento emergem no quadro de suas relações de força
...

Nietzsche e o Eterno Retorno
A experiência simultânea da morte de deus e da perda da identidade em contraste com a afirmação das identidades infinitas. A produção de uma nova coesão para o corpo a partir da abertura dupla para o caos...

Ética como Potência e Moral como Servidão em 6 atos
Nietzsche e o problema da escolha: modos éticos ou morais como dispositivos de seleção...

A Evolução Criadora
A questão do saber racional ou do pensamento simbólico como função da ação e/ou função de poder nas sociedades contemporâneas, disciplinares e de controle versus o pensamento intuitivo criador de valor...

Spinoza em 2 Movimentos
Dois encontros acerca da filosofia de Baruch Spinoza (1632-1677), que traçam as linhas afetivas das principais idéias relativas à prática de um novo modo de viver, no que tange ao desejo, às paixões...

Corpo Sem Órgãos
Corpo sem órgãos, corpo da potência e os devires intensivos dos afetos. Campo de imanência do desejo e o combate ao organismo ou à captura sensível dos orgãos e do corpo intensivo (regimes dos movimentos corporeos nas sociedades contemporâneas)...

Nietzsche e a Invenção da Moral: uma Genealogia do Bem e do Mal
1º ato: Criação das forças do homem 2º ato: Declínio do homem 3º ato: Retorno da criação

Mais cursos...